Palavra do Bispo

Bíblia

A Palavra de Deus é viva, atual e eficaz. É como a chuva que cai do céu. Não volta para lá, sem antes produzir seus frutos. Repasso para você as cinco vias da Palavra:

O ouvido
Não podemos crer sem o anúncio da Palavra. A fé entra pelo ouvido. Não podemos ser surdos ao Deus que se revela a nós. Quem ouve minha Palavra e a põe em prática, este é o maior no reino dos céus. A Palavra supõe audição, do contrário, ela cai no chão.

A cabeça
A Palavra supõe o estudo, o magistério e catecismo. A fé não pode contrariar a reta razão, mas ela vai além da razão. A verdade e a fé são duas asas que movem o ser humano até Deus. Fé e razão se completam. O ato de fé é a adesão a Deus, a Jesus Cristo e a revelação divina. A cabeça evita o infantilismo, o engano, o fanatismo e a heresia no âmbito da religião. A Palavra oferece luzes para a razão.

O coração
A Palavra ouvida desce ao coração, ou seja é interiorizada, vivida e experimentada. É no íntimo do coração que a Palavra se torna carne em nós. Ela se faz alimento. Há uma grande fome e sede da Palavra, porque ela alimenta a fé no coração dos fiéis.

As mãos
A fé sem obras é morta. A Palavra alimenta a fé. É principalmente nos gestos de amor de Deus e ao próximo que se manifesta nossa fé. Nossas mãos se abrem à generosidade, à solidariedade, à prática do amor pessoal e social. Uma fé autêntica é compromisso com a vida, com a transformação e a promoção humana. Daí se entendem os famosos binômios: fé e vida, oração e ação, mística e política, contemplação e transformação. A Palavra abre nossas mãos para a construção do reino.

Os pés
A Palavra é combustível, a energia de missão. Quem tem fé não é acomodado, mas missionário, evangelizador. Fé com pé na estrada, pé no caminho, fé nas ruas, nas portas das casas, nas periferias e nas missões. A fé leva ao lava-pés e a andar a pé para facilitar o encontro. De pessoa a pessoa, de casa em casa, de grupo em grupo, de nação em nação, a fé nos coloca em movimento, em ousadia missionária. Os caminhos da fé levam ao encontro com o diferente, o afastado, até além fronteiras. Com os pés iluminados pela Palavra caminhamos pressurosos para a casa do Pai.

(Reflexão de Dom Orlando Brandes – Arcebispo de Aparecida)

Dom Odilon Guimarães Moreira – Bispo Emérito Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano

Diocese de Itabira - Cel. Fabriciano

Editorial


Welington_Elaine

Nesse Ano Litúrgico, que iniciamos no Brasil, celebramos o Ano do Laicato. Esse foco tem o cunho de lembrar-nos que a Igreja não é composta somente pelos padres e bispos, e sim por todo Povo de Deus que nela congrega.

Nós, quanto Corpo Místico de Cristo(I Coríntios 12,12-14), temos nossa parcela de responsabilidade quanto a participação na missão de Cristo e de sua Igreja. Temos o direito e dever de trabalharmos para que o evangelho seja anunciado à toda criatura.

Que assumamos o ser Igreja e nos tornemos profetas do nosso tempo.

De seu irmão em Cristo;

Welington César

Nossos parceiros

 

Sou cristão, sou discípulo!